ALTA MIOPIA PROGRESSIVA

            Miopia é um erro refrativo em que os raios de luz se localizam na frente da retina, em vez de focar diretamente na sua superfície. Vários fatores podem causar esse foco anormal dos raios de luz, incluindo anormalidades no cristalino ou na córnea, ou mesmo por um olho que é muito grande. Na miopia, utilizamos óculos em crianças pequenas ou, em alguns casos, lentes de contato (geralmente em crianças mais velhas e adolescentes). A cirurgia refrativa é reservada para adultos.

            A alta miopia é geralmente definida como miopia de -6,00 dioptrias ou superior e geralmente é associada a um olho muito longo, denominado “comprimento axial” aumentado. A miopia alta geralmente começa na primeira infância e o crescimento contínuo do olho geralmente significa que a prescrição dos óculos vai aumentando dos primeiros anos até a idade adulta. A prevalência de alta miopia tem aumentado nas últimas décadas, principalmente nos países desenvolvidos. O motivo dessa tendência é desconhecido. Como mais pessoas, incluindo crianças, estão desenvolvendo alta miopia, vários métodos para tentar retardar sua progressão foram tentados. Isso inclui meios ópticos, como lentes de contato rígidas e óculos bifocais, a métodos farmacológicos, como colírios de atropina diluídos. Estudos tem observado que o uso de atropina em doses muito baixas (0,01%) foi eficaz na redução da progressão da miopia sem efeitos adversos significativos. Finalmente, há evidências que sugerem que mais tempo gasto ao ar livre durante a infância pode reduzir a progressão da miopia em crianças e adolescentes.

            É importante que pacientes com alta miopia façam exames oftalmológicos regulares, pois existe associação à degenerações periféricas da retina que podem causar seu descolamento.