ANISOCORIA

O QUE É A PUPILA?

            A parte colorida do olho é chamada de íris (Figura 1). O orifício interno que permite a entrada de luz no olho, é chamado de pupila, ela se contrai na luz e dilata no escuro.  

Figura 1: Íris e seu orifício central, a pupila.

É NORMAL TER PUPILAS DE TAMANHOS DIFERENTES?      

            Normalmente, o tamanho da pupila é semelhante nos dois olhos. O termo anisocoria refere-se a pupilas de tamanhos diferentes, que pode ser normal (fisiológica) ou pode ser um sinal de uma patologia.

COMO SABER SE A ANISOCORIA É NORMAL?

            Certas características, como quando a anisocoria começou, se houve ou não um evento anterior que possa estar relacionado, se é mais perceptível com iluminação, por exemplo, ajudarão a determinar a causa subjacente. Um exame oftalmológico completo deve ser realizado e avaliará a visão, a posição das pálpebras, como os olhos se movem, as pupilas, fundo de olho, entre outros exames. Com base na avaliação, o médico pode desejar realizar testes adicionais com colírios ou realizar testes laboratoriais ou radiológicos.

QUAIS SÃO ALGUMAS CAUSAS DE PUPILA GRANDE?

            Após um trauma no olho, o tecido da íris pode ser ferido, fazendo com que a pupila não se contraia à luz normalmente. Uma paralisia do III nervo craniano também pode ser a causa e a anisocoria aparece associada a estrabismo e queda da pálpebra. Outra causa possível é a síndrome da pupila tônica de Adie. Esta é uma condição mais comum em mulheres adultas jovens e geralmente começa em um olho, no qual a pupila reage lentamente à luz. Muitas pessoas com essa condição também terão reflexos tendinosos diminuídos e podem ter problemas para ver de perto. A condição geralmente não está associada a condições mais graves. Outras causas incluem uso de colírios, sprays nasais ou outros medicamentos.

QUAIS SÃO ALGUMAS CAUSAS DE PUPILA PEQUENA?

            Inflamação no olho, seja por trauma ou por outra causa, pode resultar em uma pupila miótica (pequena). A síndrome de Horner também produz uma pupila pequena no olho afetado e está associada a leve queda da pálpebra.

Fonte: https://aapos.org/glossary/anisocoria-and-horners-syndrome

Anterior

Próximo