CATARATA

O QUE É A CATARATA?

            Uma catarata é qualquer opacidade do cristalino (Figura 1), lente natural do nosso olho, que normalmente é transparente. Existem muitos tipos de cataratas, algumas são pequenas e não interferem na visão, outras cataratas são grandes e causam importante perda de visão.

Figura 1: Fotografia de olho com catarata; nota-se na região central opacidade esbranquiçada.

QUAL INCIDÊNCIA DAS CATARATAS CONGÊNITAS E INFANTIS?

            Aproximadamente 3 em 10.000 crianças tem catarata. A incidência é variável em todo o mundo.

POR QUE A CATARATA CAUSA PERDA DA VISÃO?

            A luz entra no olho e é projetada na retina (superfície interna do olho) que detecta a luz e transmite o sinal para o cérebro. Uma catarata pode impedir que a luz alcance a retina e impedir que os olhos processem a imagem, levando ao desenvolvimento de ambliopia . É necessário tratamento muito precoce para evitar a perda permanente da visão em crianças.

PORQUE ALGUMAS CRIANÇAS NASCEM COM CATARATA?

            As cataratas pediátricas geralmente ocorrem devido ao desenvolvimento anormal do cristalino durante a gravidez. A catarata pode resultar de problemas genéticos, infecções ou ocorrer espontaneamente. As má formações do cristalino que ocorrem em conjunto com outras afecções geralmente são o resultado de um problema genético ou metabólico. Essas cataratas podem estar presentes ao nascimento ou podem se desenvolver durante a infância. A maioria das cataratas pediátricas são achados isolados e não estão associados a outras anormalidades.

TODAS CATARATAS EM BEBÊS E CRIANÇAS PRECISAM SER OPERADAS?

            Não. Algumas cataratas são pequenas e / ou periféricas no cristalino. Essas cataratas não precisam ser removidas porque a visão se desenvolve normalmente.

QUAL IDADE IDEAL PARA OPERAR A CATARATA?

            As cataratas que interferem na visão devem ser removidas o mais rápido possível, principalmente se a catarata estiver presente ao nascimento. Um atraso na remoção da catarata pode interferir no desenvolvimento normal da parte cerebral responsável pela visão. Em opacidades pequenas pode-se acompanhar o desenvolvimento visual e indicar a cirurgia caso a catarata aumentar ou passar a interferir na acuidade visual.

COMO É A CIRURGIA?

            Uma pequena incisão é feita no olho e uma abertura é feita na frente da cápsula do cristalino (Figura 2). A parte interna e opaca do cristalino da criança é aspirada para fora da cápsula. Crianças mais novas podem precisar de uma passo adicional para remoção do vítreo anterior (chamada vitrectomia). Às vezes, uma lente intraocular (LIO) é colocada dentro da cápsula vazia durante a mesma cirurgia ou em uma segunda cirurgia (implante de LIO ). Geralmente, uma LIO não é colocada em um paciente com menos de 1 ano de idade.

Figura 2: Cirurgia de catarata. Primeiro aspira-se o cristalino opaco (a, b, c) e depois implanta-se a LIO (d, e, f).

Fonte: http://www.tnoajosr.com/article.asp?issn=2589-4528;year=2018;volume=56;issue=3;spage=158;epage=162;aulast=Elizabeth

QUAIS SÃO OS RISCOS CIRÚRGICOS?

            A cirurgia de catarata realizada por um cirurgião experiente geralmente é muito segura. No entanto, nenhum procedimento cirúrgico é isento de riscos. Os riscos da cirurgia de catarata pediátrica incluem infecção, inflamação, descolamento de retina, desenvolvimento de glaucoma, deslocamento da lente intraocular e desenvolvimento de opacidades capsular.

COMO O OLHO FAZ O FOCO UMA VEZ QUE A CATARATA FOI REMOVIDA?

            O cristalino realiza o foco para que se obtenha uma imagem nítida, esteja o objeto à distância ou de perto (através da acomodação). Uma vez removido o cristalino, perde-se essa capacidade de foco. Existem vários métodos para restaurar a capacidade de foco do olho:

1) uma LIO permanente é colocada dentro do olho;

2) uma lente de contato pode ser colocada na superfície do olho (as lentes de contato devem ser removidas e higienizadas regularmente);

3) óculos podem ser usados ​​para focalizar os raios de luz.

            Os óculos após a remoção da catarata costumam ser muito grossos e causar ampliação, portanto, geralmente não são uma boa opção quando apenas um olho é afetado.

Anterior

Próximo