ESTRABISMO NO ADULTO

HÁ TRATAMENTO PARA O ESTRABISMO EM ADULTOS?

            Sim. Os adultos, assim como as crianças, podem se beneficiar do tratamento do estrabismo. As opções de tratamento podem incluir óculos com prismas e cirurgia. A maioria dos adultos com olhos desalinhados é capaz de obter uma correção cirúrgica bem-sucedida (Figura 1). É importante consultar um cirurgião oftalmologista especializado em cirurgia de estrabismo.

Figura 1: Adulto com estrabismo antes e após correção com cirurgia dos músculos oculares (Fonte: https://www.willseye.org/disease_condition/strabismus/)

POR QUE OS ADULTOS APRESENTAM ESTRABISMO?

            Os adultos podem ter estrabismo devido a um desvio que surgiu na infância ou podem adquiri-lo na idade adulta. O estrabismo que se desenvolve em um adulto pode ser resultado de condições como doenças oculares da tireoide, derrame ou tumores, mas muitas vezes não há causa identificável.

A CORREÇÃO DO ESTRABISMO NO ADULTO É APENAS COSMÉTICA/ESTÉTICA?

            Não. A cirurgia de alinhamento ocular é realizada em adultos por várias razões. Uma delas é a presença da diplopia (visão dupla) incapacitante devido ao desalinhamento dos olhos. O tratamento com óculos com prismas ou cirurgia provavelmente melhorarão a visão dupla e a percepção de profundidade. Em desvios maiores, óculos com prisma podem ser pesados, desconfortáveis ​​e causar visão distorcida; a cirurgia pode ser avaliada pelo seu cirurgião para diminuir a dependência dos óculos de prisma.

            Além disso, o estrabismo afeta adultos de maneiras emocionais, sociais e econômicas. Realinhar os olhos pode “reconstruir” a aparência normal dos olhos, proporcionando uma melhor qualidade de vida.

MEU CONVÊNIO COBRE A DESPESA DESTA CIRURGIA?

            A cirurgia do músculo ocular é reconstrutiva (não cosmética). Na maioria dos casos, o convênio cobrirá a cirurgia de estrabismo em adultos; no entanto, deve-se verificar com sua operadora para determinar a cobertura específica para o seu plano.

A CIRURGIA DE ESTRABISMO (CIRURGIA DO MÚSCULO OCULAR) É ARRISCADA PARA ADULTOS?

            Todo procedimento cirúrgico tem alguns riscos. Para cirurgia de estrabismo, os riscos mais comuns são desalinhamento residual dos olhos e visão dupla. Na maioria das vezes, a visão dupla que ocorre após a cirurgia de estrabismo é temporária; no entanto, a visão dupla persistente é possível. Felizmente, os riscos mais graves são raros. Esses riscos incluem complicações anestésicas, infecção, sangramento, descolamento de retina e diminuição da visão. Os riscos à saúde variam com a saúde geral do indivíduo. Para aqueles com problemas de saúde, a cirurgia sob anestesia local, em vez de anestesia geral, pode ser considerada.

O QUÃO BEM SUCEDIDA COSTUMA SER A CIRURGIA DE ESTRABISMO?

            A maioria dos indivíduos tem uma melhora significativa no alinhamento dos olhos com uma cirurgia. Ocasionalmente, a cirurgia é apenas parcialmente bem-sucedida ou alterações no alinhamento ocular podem ocorrer ao longo do tempo após a cirurgia inicialmente bem-sucedida e cirurgia adicional pode ser indicada. A correção de visão dupla residual pode ser feita com o uso de óculos de prisma.

O QUÃO DOLOROSA É A CIRURGIA DE ESTRABISMO?

            O desconforto após a cirurgia do músculo ocular geralmente é leve. As queixas mais comuns são dor de cabeça, sensação de “repuxar” com o movimento ocular e sensação de corpo estranho no olho. Esses sintomas geralmente duram apenas alguns dias. Medicamentos leves para a dor muitas vezes reduzem o desconforto. A maioria dos pacientes retorna à atividade completa em poucos dias. Alguns cirurgiões limitam a natação e a atividade física pesada por algumas semanas após a cirurgia.

É NECESSÁRIA A HOSPITALIZAÇÃO PARA A CIRURGIA DE ESTRABISMO? COMO ISSO AFETA AS ATIVIDADES NORMAIS?

            A cirurgia de estrabismo geralmente é realizada como procedimento ambulatorial (hospital-dia), embora a necessidade de hospitalização varie dependendo da saúde geral e da preferência do cirurgião. Após a cirurgia, a maioria dos indivíduos retorna a quase todas as atividades normais em alguns dias.

QUE IDADE É CONSIDERADA “VELHA DEMAIS” PARA TER CIRURGIA NO MÚSCULO OCULAR?

            Os olhos podem ser endireitados em qualquer idade e a cirurgia deve ser considerada como uma opção de tratamento. É provável que haja melhora dos sintomas e da qualidade de vida após a cirurgia. Na maioria dos casos, a cirurgia do músculo ocular é um tratamento bem-sucedido, seguro e eficaz para o estrabismo em adultos de todas as idades. A boa notícia é que nunca é tarde para a cirurgia. Até pacientes na faixa dos 90 anos se beneficiaram da correção cirúrgica.

FICO ENVERGONHADO PELO DESVIO DOS MEUS OLHOS E EVITO OLHAR AS PESSOAS NOS OLHOS. ME PARECE QUE AS PESSOAS SE DISTRAEM PELO MEU OLHO DESVIADO, O QUE ME CAUSA PROBLEMAS DE INTERAÇÃO SOCIAL E PARA CONSEGUIR EMPREGOS. ISSO REALMENTE ACONTECE?

            Sim. Estudos recentes confirmam essas observações. Olhos desalinhados podem dificultar a interação social, a autoconfiança e as oportunidades de emprego. Todos os indivíduos merecem olhos diretos, se possível.

QUEM TRATA OLHOS DESVIADOS (ESTRABISMO) EM ADULTOS?

            Um oftalmologista treinado em estrabismo é o especialista mais qualificado para tratar adultos com olhos desalinhados. Um especialista pode estar localizado no site da SBOP, Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica (localize seu médico), ou do CBE, Centro Brasileiro de Estrabismo (http://cbe.org.br/). Seu próprio oftalmologista também pode ter uma recomendação.

            Muitos adultos com estrabismo se perguntam: “Por que vou a um oftalmologista pediátrico? Não sou mais criança”. A resposta é que os olhos desalinhados são comuns em crianças e oftalmologistas que cuidam de crianças tendem a ter conhecimento no tratamento das condições dos músculos oculares, como estrabismo.

Fonte: https://aapos.org/glossary/adult-strabismus