LESÃO / TRAUMA OCULAR

O QUE CAUSA LESÕES OCULARES?

            O trauma ocular pediátrico pode acontecer em casa, na escola ou no esporte. Lesões nos olhos e estruturas adjacentes podem ser causadas por trauma com bolas esportivas, punhos ou outros objetos; por acidentes com cães, bicicletas ou carro; ou traumas químicos, como respingos de substâncias como material de limpeza ou material de piscina.

QUE PARTE DO OLHO PODE SER FERIDA?

            Lesões nos olhos podem envolver as pálpebras, o sistema de drenagem de lágrimas (via lacrimal), os ossos ao redor do olho e o próprio globo ocular.

QUAIS SÃO ALGUMAS DAS LESÕES NA PÁLPEBRA?

            Lesões nas pálpebras geralmente ocorrem no trauma com bolas, mordidas de cães ou após quedas. As mordidas de cães, mesmo de cães da família, podem causar lesões graves nas pálpebras. Se o tecido da pálpebra for cortado ou rasgado, a lesão poderá envolver também as estruturas que drenam as lágrimas dos olhos. As lacerações da pálpebra ou do sistema de drenagem lacrimal requerem avaliação por um oftalmologista e podem exigir reparo na sala de cirurgia com pontos e um tubo no sistema de drenagem.

            Qualquer lesão na pálpebra também pode ser associada a lesão no globo ocular, portanto, um exame completo do olho deve ser realizado para garantir que não haja lesão mais profunda, além da superfície do olho.

COMO OS OSSOS AO REDOR DO OLHO PODEM SER DANIFICADOS?

            As fraturas dos ossos ao redor do olho geralmente ocorrem por trauma contuso, como uma lesão esportiva (bola de tênis) ou por queda que leve à lesão no nariz e na bochecha. As fraturas são frequentemente detectadas por raios-x ou tomografia computadorizada, o que pode ajudar a determinar se os tecidos / músculos ao redor do olho estão presos nas fraturas. Se houver aprisionamento de músculos ou tecidos moles, essas lesões geralmente requerem cirurgia imediata para evitar complicações a longo prazo, como visão dupla e perda de visão.

QUAIS SÃO LESÕES COMUNS DO OLHO?

            A superfície frontal e transparente do olho, chamada córnea, pode ser arranhada, o que causa dor, vermelhidão e lacrimejamento. O médico geralmente faz o diagnóstico colocando um corante laranja (fluoresceína) no olho, que destaca o arranhão. O tratamento envolve o uso de colírio / pomada antibiótica e, ocasionalmente, um tampão no olho. Essas lesões requerem acompanhamento próximo com oftalmologista.

E SE O ARRANHÃO NA CÓRNEA FOR MAIS PROFUNDO?

            Objetos afiados (como um pedaço de pau, um pedaço de vidro ou item metálico) podem causar um corte de espessura total (laceração) da córnea. Esse tipo de lesão coloca a criança em risco de perda permanente da visão. As lacerações requerem exame urgente por um oftalmologista e geralmente precisam de cirurgia para evitar complicações e maximizar o potencial da visão.

UM TRAUMA COM UMA BOLA OU COTOVELO DURANTE UM JOGO PODE CAUSAR DANOS DENTRO DO OLHO?

            Sim. O trauma contuso pode causar sangramento no olho, chamado hifema[JR1] . O sangue no olho pode causar aumento da pressão intraocular, o que pode resultar em perda permanente da visão. Isso precisa ser avaliado com urgência e requer uso de colírios, acompanhamento frequente com oftalmologista, limitações de atividade e, em casos raros, cirurgia. O trauma que causa inchaço da pálpebra, olhos vermelhos, dor ou secreção deve ser avaliado imediatamente por um oftalmologista.

O QUE SE DEVE FAZER CASO UMA SUBSTÂNCIA QUÍMICA OU DE LIMPEZA CAIA NO OLHO DE UMA CRIANÇA?

            A primeira coisa a fazer quando qualquer líquido anormal entra no olho é lavá-lo imediatamente com muita água, pois retirar o produto químico dos olhos diminui a chance de problemas a longo prazo. O próximo passo é entrar em contato imediatamente com seu oftalmologista ou ir à emergência oftalmológica para avaliação. É importante saber qual produto químico envolvido para ajudar o médico a determinar o tratamento apropriado.

O QUE SE DEVE FAZER QUANDO UMA CRIANÇA TIVER UMA LESÃO OCULAR?

            Uma criança que sofre de uma lesão ocular deve procurar atendimento imediato com oftalmologista para avaliar a função visual e examinar cuidadosamente todas as estruturas do olho. Frequentemente são necessários exames até que o olho esteja curado.

Fonte: https://aapos.org/glossary/ocular-injury