OBSTRUÇÃO DO DUCTO LACRIMONASAL (NASOLACRIMAL)

            O QUE É UMA OBSTRUÇÃO DO DUCTO LACRIMONASAL?

            As lágrimas normalmente drenam (saem dos olhos) através de pequenas aberturas nos cantos das pálpebras superiores e inferiores, chamados pontos lacrimais, e entram no nariz através do ducto lacrimonasal (Figura 1). A obstrução deste ducto impede que as lágrimas sejam drenadas através deste sistema normalmente. Se o ducto estiver bloqueado, haverá refluxo de lágrimas para o olho.

Figura 1: Esquema para ilustrar o sistema lacrimal; as lágrimas costumam escorrer por pequenas aberturas nos cantos das pálpebras superior e inferior, chamadas pontos (puncta), para os canalículos e então para o ducto lacrimonasal.

O QUE CAUSA OBSTRUÇÃO DO DUCTO LACRIMONASAL EM CRIANÇAS?

            A causa mais comum é a falha na abertura de uma membrana no final do ducto (válvula de Hasner). Outras causas incluem:

– Ausência / Agenesia do ponto lacrimal (pálpebras superiores e / ou inferiores)

– Estreitamento do sistema lacrimal

– Infecção

– Osso nasal que bloqueia o ducto lacrimal que entra no nariz.

O QUÃO COMUM É A OBSTRUÇÃO DO DUCTO LACRIMONASAL?

            Mais de 5% dos bebês apresentam sintomas de obstrução do ducto lacrimonasal em um ou ambos os olhos. Na maioria (aproximadamente 90%), o problema desaparece espontaneamente durante o primeiro ano de vida.

QUAIS SÃO OS SINAIS / SINTOMAS DA OBSTRUÇÃO DO DUCTO LACRIMONASAL?

            O bloqueio do sistema de drenagem faz com que as lágrimas fiquem na superfície do olho e transbordem para os cílios, pálpebras e bochecha. Isso geralmente ocorre nos primeiros dias ou semanas de vida.

            As pálpebras podem ficar vermelhas e inchadas (às vezes grudadas) com secreção verde-amarelada, quando as bactérias palpebrais normais não são adequadamente “lavadas” pelo sistema obstruído. Casos graves resultam em uma infecção grave do sistema do ducto lacrimal (dacriocistite).

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO DA OBSTRUÇÃO DO DUCTO LACRIMONASAL?

            Uma história de lacrimejamento em uma idade muito precoce é fortemente sugestiva de um ducto lacrimal bloqueado. Um oftalmologista é capaz de realizar certos testes no consultório para confirmar o diagnóstico. É importante que os olhos sejam examinados quanto a outras causas incomuns, mas importantes, de lacrimejamento em bebês, incluindo glaucoma na infância.

QUAL É O TRATAMENTO DO DUCTO LACRIMONASAL BLOQUEADO?

            Felizmente, a obstrução do canal lacrimal se resolve espontaneamente em uma alta porcentagem de casos (90%). Quando a obstrução é persistente, um ou mais dos seguintes tratamentos podem ser recomendados: massagem no saco lacrimal, colírios antibióticos tópicos, sondagem e / ou intubação do canal lacrimal.

            A massagem do saco lacrimal pode ser realizada em casa para ajudar a abrir o canal lacrimal (Figura 2). Um oftalmologista pediátrico ou médico de cuidados primários pode demonstrar a técnica de massagem mais eficaz.

Figura 2: Figura para ilustrar a massagem do saco lacrimal.

Se o ducto lacrimal permanecer bloqueado após um ano de idade, uma sondagem ou entubação do ducto lacrimonasal pode ser realizada.

QUE TIPO DE ANESTESIA É UTILIZADA PARA A SONDAGEM DO DUCTO LACRIMONASAL?

            As crianças mais velhas costumam ser submetidas a uma breve anestesia geral em um ambiente de cirurgia ambulatorial.

O QUÃO BEM-SUCEDIDA É A SONDAGEM DO DUCTO LACRIMONASAL?

            A sondagem do canal lacrimal geralmente é muito bem-sucedida. Às vezes, procedimentos adicionais são necessários. Em alguns casos, pode ser necessária uma operação maior para abrir o sistema do ducto lacrimal (dacriocistorrinostomia).

Fonte: https://aapos.org/glossary/nasolacrimal-duct-obstruction

Anterior